Vestidos e babetes repelentes de água para proteger as roupas dos alunos e professores da Covid-19.

As aulas presenciais voltam em setembro e as escolas se preparam para tomar todas as medidas preventivas possíveis para evitar o contágio nas salas de aula.

Os planos apresentados pelo Governo para o início do curso 2020-2021 São, aos olhos da comunidade educativa, escassos, pelo que muitas Escolas já se preparam para tomar medidas extremas de p.prevenção, higiene e promoção da saúde contra COVID-19..

É o caso de alguns Centros Educacionais de gestão privada e concertada. Antecipando o próximo ano letivo, e como medida preventiva, estas Escolas vão impor, a alunos e professores, a utilização de babis e vestidos impermeáveis que cubram as roupas usuais e preservem as roupas de possível contato com microrganismos e fluidos corporais (gotas de tosse, espirros ou superfícies contaminadas que podem infectar); para que, ao chegar em casa, suas roupas fiquem protegidas de quaisquer patógenos.

CAMACHO, como empresa referência na fabricação de uniformes escolares e roupa de proteção contra Covid 19, responde assim à procura das Escolas ao incorporar toda uma linha de vestuário de protecção homologado e artigos têxteis com acabamentos que funcionam como barreira para preservar alunos e professores de possíveis contágios nas salas de aula..

Os batas e babis com acabamentos hidrorrepelentes que Camacho está a produzir para o próximo ano lectivo 20-21 cumprem o regulamentos de saúde e segurança necessários. São fabricados em tecido impermeável lavável aprovado com um efeito à prova de água que interrompe completamente o fluxo de fluidos para o interior, bloqueando a água e as micro-gotas.

Tanto os aventais de proteção impermeáveis e impermeáveis - destinados a professores e alunos de cursos avançados - e o babis com acabamento hidrorrepelente -para crianças em idade escolar- são, junto com o Camacho homologou máscaras personalizadas reutilizáveis, as grandes opções de prevenção propostas por este fabricante têxtil para contornar o covid-19 nas escolas.

As batas impermeáveis CAMACHO são projetadas para cobrir o tronco e os braços de alunos e professores. Têm um padrão adaptado a cada usuário e possuem mangas compridas que chegam ao pulso com punhos com acabamento em borracha elástica, para aumentar a proteção e o conforto.

Desde que a pandemia começou, CAMACHO Tem sido um exemplo de empresa flexível com capacidade de se reinventar e responder rapidamente às novas necessidades do mercado. Nas palavras de Christian Camacho, gerente de Camacho, "dedicamo-nos ao máximo aos nossos clientes e adaptámos a nossa actividade para oferecer artigos têxteis de qualidade com elevada protecção contra os vírus ".

Junto com a fabricação usual de uniformes escolarestrabalho e roupa desportiva técnica, a empresa atualmente produz todos os tipos de roupa protetora higiênica: aventais cirúrgicos, aventais de proteção reutilizáveis e laváveis, botas reutilizáveis, macacões impermeáveis, bonés de proteção e roupas impermeáveis para empresas agroalimentares, máscaras aprovadas reutilizáveis UNE 0065/2020, além de mortalhas e outros artigos têxteis que visam coibir a situação crítica que atravessamos.

Lembramos também que em meio à pandemia Camacho reorganizou toda a sua produção e doou mais de 100.000 máscaras para atender às necessidades dos grupos mais vulneráveis.

Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT
× Disponível em domingosegunda-feiraterça-feiraquarta-feiraquinta-feiraSexta-feirasábado